TSP/UCPel realiza simulação de crise no Shopping Pelotas


918  13 de novembro de 2019

O curso de Tecnologia em Segurança Pública da Universidade Católica de Pelotas (TSP/UCPel) promoverá uma simulação de assalto com reféns no Shopping Pelotas. Realizada no dia 23 de novembro, a partir das 8h30, a ação estimula a prática dos conteúdos teóricos e a integração entre diferentes órgãos.

A atividade envolverá cerca de 250 pessoas, entre alunos, professores e profissionais das áreas de saúde e segurança. Com a simulação, o curso busca complementar o processo de aprendizagem dos acadêmicos, oportunizando conhecimento sobre a realidade de quem atua na área da segurança pública e privada.

Às 8h30 será dado o start na atividade, prevista para durar duas horas. Um assalto com reféns, seguido por uma intercorrência de incêndio no cinema, movimentará os corredores do shopping. Os alunos atuarão em diferentes funções, contribuindo para a montagem da simulação.

Conforme explica o coordenador do TSP, professor Fábio Raniere, a ação ainda permitirá que os acadêmicos acompanhem o trabalho dos órgãos públicos e privados presentes, que irão agir dentro dos protocolos previstos para situações de crise. Dessa forma, segundo ele, é possível identificar a importância da atuação de forma integrada em situações reais.

Acadêmicos dos cursos de Enfermagem e Jornalismo da UCPel também farão parte da simulação, desempenhando papéis condizentes com as futuras profissões. Após o exercício, os professores farão uma rápida avaliação sobre como foi conduzida a situação. Em sala de aula, os pontos positivos e negativos serão destacados de forma mais detalhada. “O exercício servirá também para os órgãos avaliarem o tempo de resposta em situações de crise”, enfatiza Raniere.

Esta será a segunda atividade desse porte promovida pelo curso, que em maio deste ano realizou uma simulação de desastre aéreo. Além da UCPel e do Shopping Pelotas, a simulação contará com a participação da Brigada Militar, Guarda Municipal, Secretaria de Trânsito, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Movilcor Emergência Pré Hospitalar, Instituto Educacional Dimensão e Bombeiros Civis.

 

Redação: Manuelle Motta

Deixe uma resposta